Pesquisa analisa a produtividade do setor madeireiro


Mais de 25 mil árvores foram analisadas por uma equipe de pesquisadores da Universidade Rural da Amazônia, em que o diâmetro e o cumprimento foram medidos assim como o tamanho do oco que surge dentro dos troncos, ou seja, o rendimento volumétrico da madeira. O levantamento concluiu que dependendo da exploração, essa retirada pode gerar perda financeira para a empresa e o meio ambiente.


Apesar de não causar diminuição na produtividade do setor madeireiro as árvores ocas do ponto de vista financeiro não compensam ser exploradas. O estudo mostra ainda que cerca de 20%, hoje da madeira, é paga de forma indevida, pois apresenta o oco e não se aproveita.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Unifloresta​© 2018

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

 (91) 3347-7707

unifloresta.com.br