O futuro das florestas e da agricultura até 2050

Os impactos das mudanças climáticas não se limitam aos ecossistemas naturais. De acordo com especialistas no assunto, as previsões de temperaturas mais quentes e de mudanças na frequência das chuvas vão, sem dúvida, impactar o setor agrícola a ponto de mudar a distribuição geográfica da produção brasileira. E é exatamente nas atividades ligadas ao uso da terra que encontramos parte importante da solução. Dessa forma, torna-se fundamental pensar o longo prazo da relação intrínseca entre florestas e agricultura, abrindo espaço para posicionar o uso da terra como uma agenda de desenvolvimento para o país. Preocupada em lidar com a reação da natureza ao nosso bem-estar, no curto e longo prazos,

Exportações de celulose crescem 11,5% em 2018, diz Ibá

As exportações de celulose do Brasil (em volume) cresceram 11,5% em 2018, somando 14,7 milhões de toneladas vendidas, de acordo com levantamento mensal da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá). No mês de dezembro as exportações de celulose totalizaram 1,5 milhão de toneladas, apontando forte alta de 33% em relação ao registrado um ano antes. No ano passado a produção do insumo cresceu 7,7%, somando 21 milhões de toneladas. No último mês do ano, porém, foi apurada queda de 6,6% na produção no comparativo anual, para 1,751 milhão de toneladas. Papel Em 2018, as exportações de papel (em volume) recuaram 4,6% no ano, para 2,017 milhões de toneladas, e diminuíram 8,2% em dezembro na comparação co

Maior prédio construído de madeira do mundo está na Noruega

O edifício Mjøstårnet, construído na cidade de Brumunddal, na Noruega, recebeu o título de construção em madeira mais alta do mundo. A verificação foi feita pelo Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH), que tem sede em Chicago, nos Estados Unidos. O prédio tem 85,4 metros de altura e foi construído com Madeira Laminada Cruzada (CLT) e Madeira Laminada Colada. O edifício foi concluído em março deste ano. Com isto, o edifício Brock Commons Tallwood House, em Vancouver (Canadá), perdeu o posto de construção em madeira mais alta do mundo, com seus 53 metros. Ele se tornou case de estudo diante dos avanços obtidos no segmento. Especificamente na Noruega, antes do Mjøstårnet, o prédio

Brasil se prepara para ter norma técnica para sistema construtivo com madeira

Prestes a completar três anos de trabalho, o processo de normalização do sistema construtivo wood frame, construções que utilizam perfis e painéis de madeira, além de outros componentes estruturais e permanentes, caminha para a reta final de consolidação do texto da norma técnica. No próximo dia 27 de março, a Comissão de Estudos da ABNT que trata do tema se reúne em Curitiba para consolidar o texto base da norma e, em seguida, colocá-lo em consulta pública. O trabalho, que vem sendo realizado a muitas mãos com a participação massiva de diferentes atores envolvidos no assunto, conta com a colaboração de profissionais que se dividiram em quatro grupos de trabalhos: materiais, projetos, execuç

Bolsonaro determinada a proibição de queima de veículos usados na exploração ilegal de madeira

O presidente Jair Bolsonaro admitiu, em vídeo divulgado na internet, ter determinado a proibição de queima de veículos usados na exploração ilegal de madeira, procedimento previsto na legislação ambiental. Em viagem a Macapá na sexta-feira, ele atendeu a pedido do senador Marcos Rogério (DEM-RO) para desautorizar o trabalho de fiscais que destruíram caminhões e tratores apreendidos em operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), nos municípios de Cujubim e Espigão D’Oeste, em Rondônia. A gravação de 41 segundos começa com Rogério pedindo ao presidente uma mensagem sobre a operação do “pessoal do meio ambiente” que destruiu caminhões e tratores

Diretor jurídico da Unifloresta se reúne com presidente do IBAMA Eduardo Bim

O diretor jurídico da Unifloresta Murilo Araújo, se reuniu nesta quinta (04), com o presidente do IBAMA Eduardo Bim, para tratar da pauta de interesse do setor de base florestal da Amazônia. Na ocasião, foram discutidos assuntos relacionados ao meio ambiente, entre eles o fato de o IBAMA querer valer-se de estudo, não oficial, para aferir densidade do IPÊ, desmerecendo os estudo e licenciamentos da SEMAS, fato que gera insegurança no mercado Internacional. "Saímos com a promessa de que iria chamar diretores para averiguar a questão", disse Araújo. Também foi discutida a retomada das tratativas sobre o livre acesso da madeira do Brasil na Europa. Além da Revisão da IN 01/2017 e do bloqueio

Vitrine do futuro para as indústrias de processamento de madeira

São 130.000 metros quadrados, esta é a área total de exposição líquida que será ocupada por estandes de exposição com a mais recente fábrica de madeira e processamento de madeira, máquinas e ferramentas. No próximo mês de maio, mais de 1.500 empresas estarão reunidas em Hanôver, na Alemanha, para mostrar o futuro das indústrias de processamento de madeira. seja sobre digitalização, automação, plataformas iot, ou sistemas colaborativos, a Ligna é onde as inovações são mostradas pela primeira vez, e em uma escala incomparável.

Desmatamento na Amazônia diminuiu em fevereiro, diz Imazon

O desmatamento na Amazônia diminuiu em fevereiro, após apresentar três meses de subida consecutiva. Os dados são do Boletim do Desmatamento (SAD), do Imazon, organização da sociedade civil que realiza o monitoramento independente do desmatamento e degradação do maior bioma do país. O tamanho da perda de floresta foi menor no segundo mês de 2019, alcançando 93 quilômetros quadrados, uma redução de 57% em relação ao mesmo mês do ano passado, quando o desmatamento somou 214 km². É a segunda vez que ocorre uma redução do desmatamento em relação ao ano passado desde agosto, quando iniciou o calendário de desmatamento de 2019. Campeões de desmatamento Mato Grosso liderou o ranking de estado que ma

Fórum de Governadores da Amazônia Legal

O 17º Fórum de Governadores da Amazônia Legal que está acontecendo no Espaço Nuance Eventos. Zona sul de Macapá/AP, com a participação de Rondônia, Amapá, Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Tocantins, Roraima e Pará. O objetivo é apresentar e discutir benefícios para os estados, alinhamento de projetos em curso e ações potenciais para o Desenvolvimento Sustentável, Financiamento de Iniciativas Econômicas de Baixas Emissões, o Desenvolvimento Regional Sustentável, Integração e o fortalecimento regional nas áreas de segurança e desenvolvimento sustentável. [endif]

Unifloresta e parceiros doaram compensados para a Força Nacional

A Unifloresta através de seus parceiros, empresas associadas de Rondonópolis doaram 320 folhas de compensado para construção de alojamentos aos policias que Força Nacional, que chegaram a Belém nesta última sexta-feira (22). Os compensados servirão para reforçar os beliches utilizados pelos soldados, durante a sua atuação na cidade, melhorando assim, a infraestrutura das tropas. A doação intermediada pela Unifloresta, juntamente com a empresa M Logística, fizeram parte da iniciativa o Coronel PM Arthur, secretário de administrativo. SEGUP, Cabos Bm, Rêgo, Barbosa, Fernando e Coordenadores das Logística da Força Nacional.

Ministro do Meio Ambiente questiona contribuição humana no aquecimento global

O Aquecimento global, uso de agrotóxicos, licenciamento ambiental, administração de parques nacionais e o afastamento de 21 superintendentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e de Recursos Naturais (Ibama). Esses foram alguns dos temas abordados pelos senadores na audiência pública com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, realizada nesta última quarta-feira (27), pela Comissão de Meio Ambiente (CMA). Questionado, Salles defendeu as políticas que têm sido implementadas e apresentou as medidas que considera prioritárias para a sua pasta, especialmente para o combate à poluição. Em resposta aos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Jean Paul Prates (PT-RN) e Márcio Bittar (MDB-

Brasil e EUA articulam criação de Fundo para Amazônia

O secretário de Relações Internacionais do MMA, Roberto Castelo Branco Coelho de Souza, assinou ontem com a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) uma declaração de intenção que prevê a criação de um fundo de US$ 100 milhões para desenvolvimento econômico da Amazônia. A assinatura foi ontem em Washington, capital dos Estados Unidos. E fez parte da programação oficial da visita do presidente Jair Bolsonaro àquele país. A ideia do Fundo é oferecer empréstimos de logo prazo principalmente para empresas privadas que promovam o uso sustentável de produtos florestais madeireiros e não madeireiros. E que comprovem diminuição do desmatamento e benefício às comunidade

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Unifloresta​© 2018

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

 (91) 3347-7707

unifloresta.com.br