Unifloresta busca soluções para exportação de madeira

A UniFloresta juntamente com outras entidades representativas do setor florestal, por meio de seus representantes legais, estão se empenhando para cessar o Ato prejudicial do IBAMA, que afeta o setor de exportação do Estado do Pará, pela falta de autorização de exportação, que mesmo solicitado pelo exportador, não teve manifestação do órgão ambiental. A Unifloresta defende que após a saida do IBAMA do porto, há mais de 7 meses, o órgão não expediu qualquer autorização.


Unifloresta tomará as seguintes medidas legais


Por meio de seu departamento jurídico, a UniFloresta está buscando medidas cabíveis para pedir providências para A corregedoria do IBAMA, a fim de apurar a omissão de procedimento do órgão em descumprir a IN 15/ 2011, pelo período de mais de 7 meses, pondo em prejuízo a exportação nacional. A Unifloresta com o apoio do Deputado Federal Celso Sabino, vai agendar para a próxima semana, uma agenda com Ministro do Meio Ambiente e presidente do IBAMA, para discutir soluções para a crise instala pelas ações do IBAMA.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Unifloresta​© 2018

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

 (91) 3347-7707

unifloresta.com.br